6 de dezembro de 2016

Ele


... e era assim, ele me queria sempre perto,
E eu... queria sempre ele junto a mim
Como se fossemos apenas um
Dois em um.

Nenhum gesto meu, passava despercebido aos seus olhos,
Minha voz, era como música aos seus ouvidos.
E eu quieta, pensava: ''nunca encontrarei alguém como você''

Com ele, fiz planos...
Cogitei mil possibilidades, de vivermos uma vida plena...
Repleta de amor e muito carinho
Companheirismo....
Como o queijo e a goiabada, sabe?

Só havia sabor, se ele estivesse, ali
Só havia cor, se as suas mãos estivessem entrelaçadas as minhas.
Tudo isso, só porque ele me entendia, com o olhar...
 E adorava a minha carinha de brava.

... e era assim,
Assim...
Porque era amor

Nanda Olliveh

6 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Um poema apaixonante Nanda.
O amor é assim!
Adorei.
Bjs-Carmen Lúcia.

Cidália Ferreira disse...

Lindo demais Nanda. Super apaixonante e apaixonado :-) Amei

Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Edumanes disse...

Você mulher apaixonada,
planos na sua vida os faz
o que é bom mais pressa acaba
nem o tempo de volta mais o traz
amor que para sempre se afasta!

Nascida nesse jardim,
você é uma flor
de felicidade sem fim
beija com carinho e amor!


Tenha uma boa tarde amiga Nanda Olliveh, um beijo,
Eduardo.

Fábio Murilo disse...

"Essa fase do amor é bonita demais" como diz o Emilio Santiago em uma de suas canções. Tudo se coaduna, inundam os dias, as horas de encantamento, um mundo particular só com você é a pessoa querida, o resto gira ao redor, até o sol. A pessoa ocupa seu tempo, seu pensamento, suas horas de alegrias, de tristeza. De tristeza... Na tristeza é seu anjo da guarda, é quem você procura, se recolhe, lhe acolhe, dá colo, aconchego, pra diminuir o medo, seu Rivotril natural. Você é o assunto predileto das conversações, citações. É o exemplo perfeito de como todos deveriam ser feitos, é o melhor dos seus planos, é o sentido de tudo. É a própria felicidade travestida numa pessoa, e a emoção elege, que o coração proclama, a razão aclama vendo o corpo que irradia bem estar por todos os poros. Tudo combina tão bem como numa sinfonia, o dia virá noite, a noite virá dia, o tempo é eterno. Tudo soma, edifica, prospera, gera uma atmosfera favorável, indubitável. Tudo é rima, é métrica, é sinfonia. Os dois como feitos um por outro como feijão com arroz, café com leite, chá com biscoito. Até na brabeza... Carinha de braba nada, é charme, rs. Aí, Nandita, mandando super bem como sempre! Gostei muito! Harmonioso, muito bem construído, com um final surpreendente. E essa musica é lindissimaaaa!!!! Show! \O/. Beijos, princesa.

Maria Rodrigues disse...

E o amor tem uma magia tão especial.
Lindo poema
Beijinhos
Maria

Maria Rodrigues disse...

Nanda, hoje venho especialmente para desejar um Natal muito Feliz e um Bom Ano Novo. Que 2017 seja um ano pleno de sonhos realizados, alegrias constantes, amizade e amor sempre presentes, excelente saúde, e incontáveis momentos felizes.
Beijinhos
Maria

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.