Nossa história



Ascenda de seu sono mais profundo e belo em meus braços...
E acalentarei seu despertar com beijos e afagos.
A sua alegria é o objetivo de toda a minha força vital.

A fortaleza do nosso amor formará um círculo, 
Nos protegendo contra o mal...
Romântica em sua essência...
Eu profetizo que renasça da descrença,
A felicidade que outrora morreu 
Em seus olhos sem emoção...

... nos encontramos em uma estrada de espinhos,
Mas não imaginávamos, que apesar dos espinhos,
Caminharíamos de mãos dadas entre flores.
O nosso amor tantas vezes foi dolorido...
Um fogo a queimar, um elo proibido.

Mas entre inúmeras adversidades...
Enfim, a felicidade nos uniu para a eternidade...
 E nos amaremos sem reservas...
Hoje, amanhã e depois de amanhã...
Para sempre.

Parceria poética: Nanda Olliveh / Ronieli Gonçalves

Comentários

  1. Excelente, o teu poema!
    Amei

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Só pela emoção vale a vida, pela paixão que nos arrebata, nos impulsiona, nos emociona, nos acena, dá um novo sentido a tudo. Um mundo dentro de outro mundo, só nosso, colorido, refugio, abrigo, afago. O amor, a paixão, o melhor momento da vida, elevo, bem estar indescritível, alivio, de quem se atreve, de quem se entrega sem reservas, nesse mar, abrindo velas ao vento, deixando-se levar pela emoção. Ficou ótimo o poema, parabéns aos dois. Beijos, Fê.

    ResponderExcluir
  3. Nanda

    Belo poema, de acordo com a tua veia poética, sempre muito presente.

    BRASIL: O SORRISO DE DEUS.
    Capitania de São Vicente
    Se comentar o post agradeço.
    http://amornaguerra.blogspot.pt/

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Boa noite querida Nanda... todos temos o dever de fazer e escrever tal história no livro da vida cheia de amores.. bjs e até sempre poetisa

    ResponderExcluir
  5. Saudades do teu blog

    Lindo, amei

    http://delaverite.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Querida Nanda
    Fui forçada a afastar-me, mas, agora aparecerei mais vezes.
    É sempre muito gratificante ver como, por aqui, a amor anda sempre no ar.
    Magnífico poema.Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  7. Olá Nanda,que poema lindo feito em parceria.
    Há dias não a vejo no Face e hoje constatei que você não está mais.
    Que pena amiga!
    Saudades.
    Bjs com carinho.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Nanda. Ficou muito bonita a parceria.
    Quando existe amor verdadeiro, não há razão para ter fim,a não ser que os enamorados sejam mais egoístas e não saibam conviver, arte difícil e para poucos.
    Parabéns aos poetas.
    Tudo de bom.
    Beijos na alma.
    Linda semana de paz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário