Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Distância

Imagem
A distância pode me impedir de lhe sentir... O silêncio pode me impedir de lhe ouvir... O orgulho pode me impedir de lhe ver. Mas nada poderá me impedir de amar você.
... Momentos de intensidade, que hoje são relembrados com saudade... Maldade que maltrata o coração... que chora calado,
 molhando meu rosto, com lágrimas quentes... que rolam querendo encontrar o seu... E lhe acarinhar com a ponta dos dedos... ascendendo em você, A vontade de mais um beijo.
... e quando chega a noite sinto falta do seu calor, do seu amor... Do seu olhar, das suas mãos carinhosas... Sinto um frio interior, que apenas dizem-me, da minha vontade de Com você... fazer-se amor.

Nanda Olliveh

Dos amores que tive...

Imagem
Eu nunca imaginei que eu iria gostar imensamente de você. Fazia tempo que eu não conseguia me imaginar tão feliz com alguém, E não acreditava mais que essa felicidade poderia ir além... Com você eu sonhei, eu sorri, eu amei... eu intensifiquei cada momento... Eu senti de verdade, eu senti saudade.
Lancei-me nos braços do amor... Me apaixonei, me encantei com seu modo de ser, viver... Com sua facilidade de me fazer sorrir... Você me surpreendeu... eu me surpreendi... E o amor com devoção... com você, me permiti sentir.

Nanda Olliveh

Doces dilemas

Imagem
... doí muito saber que o telefone não irá mais tocar... Que não precisarei mais lhe esperar... Doí saber que você não estará mais aqui... Enfim, tenho que seguir...
Nesse momento o frio da solidão abraça-me e, Lembro-me do calor dos seus braços... Das palavras ditas, da sua forma de amar enlouquecida... Dos seus olhos nos meus... dizendo-me tantas coisas...
O que eu faço com essa saudade embrutecida? Que rasga meu peito, que me deixa sem direito... Sem o direito de lhe esquecer, de não sentir seu cheio no ar. De não acalmar essa minha intensa vontade de lhe amar.

'' ... eu e os meus doces dilemas... de amores que vem, de amores que vão... Fazendo nascer agonia e poesia em meu coração... ''


Nanda Olliveh

(...)

Imagem
... eu quero lhe mostrar o que você jamais viu, lhe fazer sentir, o que jamais sentiu. Dar-lhe a mão e, abraçar com meu amor o seu coração... Unir meu sorriso ao seu, lhe olhar nos olhos, lhe beijar com carinho... Receber de você o que jamais recebi de outro alguém e, ser para sempre o seu bem... Sua luz infinita... e escrever junto a você...  A história de amor mais bonita, que já existiu...

Nanda Olliveh