24 de junho de 2015

(...)



''... porque fortes, não são só àqueles que não se abalam com as tempestades... 
mas, também àqueles que mesmo abatidos, encontram forças para prosseguir.''

Nanda Olliveh

15 comentários:

Fábio Murilo disse...

Admiro as pessoas assim, fortes, firmes, seguras, decididas. Que conduzem seu barco com dignidade, com coragem em meio à tempestade. Que diante das ondas que se avolumam ameaçadoras, não se intimidam, balançam, mas não naufragam. Muito pelo contrario, surpreendem, revestem-se de um poder sobrenatural, uma força que vão buscar não sei de onde e avançam, resolutas, mar adentro, vida a fora, firmes no rumo traçado, decidido, o norte escolhido, almejado. O sabor preparado agora nessas dificuldades da futura da vitória. Ótima reflexão, Fê. Beijos!

Fábio Murilo disse...

Ah, ótima musica de Kenny G. Gostei da escolha, Rs.

Toninho disse...

Perfeito Nanda,fortes são todos aqueles que sabem da luta, dos caminhos tortuosos e difíceis e no entanto seguem sua jornada com determinação e raça.
Carinhoso abraço amiga.
Beijo de paz.

Paulo Francisco disse...

O segundo é o mais forte de todos
]beijogrande

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Nanda

Lindo poste...Adorei

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

E eu quero você forte... porque você É forte. Pense nisso, amiguinha. Deus cuide de você. bjss

Bell disse...

Tão eu

bjokas =)

Miguel disse...

Sábias palavras, amiga Nanda. É mais importante levantar depois da queda do que não cair.

Obrigado por sua visita ao «DEUSA». Espero que volte (tem novo post!!!) Eu virei sempre que possível ao seu lindo espaço.

Continuação de boa semana.
Um beijo
MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

Edumanes disse...

Essa força está no amor,
sem ele a vida não é nada
como o perfume está na flor
o amor na mulher apaixonada!

E se não for verdade,
diga lá onde está então,
porque sem felicidade
a tristeza perturba o coração!

Se você tem outra solução,
para não ser apoquentada
porquanto não há razão
para se sentir preocupada?

Para você amiga Nanda,
ser está a minha opinião
barco parado não anda
em terra não voa o avião!

Boa noite e bons sonhos,
e um beijo para você,

Arthur Claro disse...

Muito bom, parabéns.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Nanda.
Ao homem cabe chorar, sofrer, mas também uma questão de sobrevivência reagir.
A força está oculta em nós, mas na medida certa será ela liberada para a nossa sobrevivência.
Beijos na alma.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Nanda.
Ao homem cabe chorar, sofrer, mas também uma questão de sobrevivência reagir.
A força está oculta em nós, mas na medida certa será ela liberada para a nossa sobrevivência.
Beijos na alma.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Nanda.
Ao homem cabe chorar, sofrer, mas também uma questão de sobrevivência reagir.
A força está oculta em nós, mas na medida certa será ela liberada para a nossa sobrevivência.
Beijos na alma.

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Nanda...muitas poderão ser as razões pelo qual abalamos com as tempestades,mas,neste momento devemos lembrar que a tempestade pode ser o prenúncio do fim,mas, também, a origem de um bom prenúncio, a bonança,por isso,com as tempestades, devemos, talvez, abrandar o passo, fazer uma pausa, esperar diminuir, revitalizar-se, reconfortar-se , mas não devemos parar. Devemos encontrar forças para prosseguir e continuar , pois, se existe a felicidade, há um caminho e só iremos percorrer esse caminho, caminhando!
Agradecido pelo carinho, belos dias, beijos!

APENAS PALAVRAS disse...

Nos dias de hoje, cada vez mais, acentua-se a necessidade de ser forte. Mas não há uma fórmula mágica que nos faça chegar à força sem que antes tenhamos provado a fraqueza.
A gente não pode viver só e ser forte. A gente precisa ter alguém a quem segurar a mão!
Confesso... "Para ser forte, tive que beber muitos goles de tempestades. Tive que aprender a fazer muralhas (e às vezes, ser a própria); Andar descalço por entre pedras no caminho; Ter ouvidos atentos, saber escolher os momentos do silêncio; Ir contra o vento... E depois de tudo ser capaz de desmoronar calmamente nos braços da mulher a quem vai desejar-me a ama-la com todas as forças de um amor infinito e verdadeiro."

Confesso amei seu cantinho e cada postagem sua, ja estou a te seguir... Por favor faça o mesmo em uanderesuascronicas.blogspot.com

bj demorado nas entrelinha deste meigo coração.

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.