Espera


Vez ou outra o frio da solidão, cisma em soprar por aqui,
Sinceramente eu nunca fui de solidão.
E penso que é melhor estar só do que mal acompanhada,
Como diz o dito popular.

Mas a verdade é que a caminhada a dois é mais completa,
Em abraços, beijos... noites a dois...
Cumplicidade, amizade, unicidade...

Porém, se não contêm esses princípios em uma relação a dois,
É melhor continuar vez ou outra sentindo o frio da solidão,
Ao menos não estarei 'só' a dois...
Há tantas pessoas que se sentem 'só' em meio a multidão.

A espera... não é fácil.
Aparecem tantas inverdades nessa caminhada,
E por vezes batemos cabeça..., mas logo quem é de verdade, reconhece
Quem é de mentira.

E ainda que a espera seja longa... é o melhor caminho a seguir...
Pois, por mais que a noite seja fria, e o vento da solidão sopre...

Logo virá um lindo amanhecer, para quem sabe esperar o melhor de Deus.

Nanda Olliveh

Comentários

  1. E como diz o ditado:
    Antes só que mal acompanhado.
    Muitas vezes precisamos dessa solidão.
    Muito lindo Nanda.

    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Por vezes a solidão dói, depende do que fez a solidão
    Lindo poema.! Adorei

    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo Nanda!!!
    Amo tudo que você escreve pois sinto que escreves mesmo com o coração!!!
    Parabéns!!!
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que menina lúcida! Sabe o que quer e persegue com determinação e obstinação seus objetivos, o que se propôs. É preciso coragem e personalidade. Tudo que expôs, como disse, é de uma lucidez sem tamanho, e só pessoas especiais, bem resolvidas abraçam com naturalidade esse caminho, pois bastam-se a si próprias e o outro é só uma boa companhia, alguém com quem partilhar os momentos de alegria e tristezas, que acrescenta, soma, nunca diminui, agride, denigre. Uma princesa dessa estirpe merece mais, um Príncipe encantado, alguém a sua altura, que não queria ser seu dono, não reclame sua posse, apenas seja um igual, a seu lado, acontecendo, surpreendendo, sem fazer cobranças, um companheiro de verdade que quando menos espere, aconteça. Legal, Fê! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Nanda..
    a solidão as vezes é amarga.. mas nos dá uma nova maneira de ver as coisas..
    feliz de quem tem seu par..
    eu ainda não.. mas tempo ao tempo e tudo acontece.. bjs poetisa

    ResponderExcluir
  6. O frio da solidão tb vem soprando por aqui, e bate aquela tristeza.
    Espero tb o melhor de Deus.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  7. E você merece uma caminhada completa, de mãos dadas coma felicidade. Beijos, amiguinha e parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir
  8. Você está à espera,
    amiga,não desespera ai
    tudo o que você quisera
    no seu lindo poema eu li.

    Nunca ser o amor,
    indesejada companhia
    verdadeiro não causa dor
    mas sim felicidade e alegria!

    Disso já você sabia,
    por isso não é novidade
    amiga, porque tua simpatia
    faz companhia à nossa amizade.

    Bom fim de semana,
    um beijinho para você amiga Nanda Olliveh,
    Eduardo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário