Intenso amor


Seu cheiro entontece-me
Seu calor aquece-me
Sua voz ecoa em meus ouvidos como canção
Fascínio vício meu lhe querer tanto assim

Impossível esquecer-lhe
Apagar a sua imagem da minha memória
Fotografia constante que não sai dos meus pensamentos
Sinto falta de você
Preciso lhe ver

Estar em seus braços
Beijar-lhe
Sentir o seu gosto
O gosto perfeito do amor
Sentir o seu cheiro
O cheiro gostoso da flor

Preciso sentir a paz do seu sorriso
As carícias ternas de suas mãos
Lhe ver transformar-se em poeta
Somente para dizer que me ama
E que já não consegue mais viver
Viver sem a minha presença.

Nossas vidas
Uma só vida
Nossos olhos
Uma mesma direção
Nossos corações
Um só desejo
O amor
Eu e você
Unidos
Para toda a vida.


Nanda Olliveh

Comentários

  1. Parabéns pelo poema excelente!
    Musica maravilhosa que adoro.

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Que querer intenso, intensas sensações, a vida na sua melhor expressão. O ser em estado de graça, em ebulição, festa dos sentidos, da percepção apurada, extasiada, embevecida. Uma vida com outra vida comprometida, movidas à emoção. Ah... Mariah, excelente escolha. Tá demais, visse? Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Fica grudado na pele, tatuada na alma...
    beijogrande

    ResponderExcluir
  4. Um poema que é uma inda declaração de amor.
    Beijos Élys,

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda, que lindo esse poema!
    É essa intensidade de sensações que acontece quando amamos. É esse querer o outro em todo momento... O cheiro, a pele, a sensação tão intensa e boa que esse alguém nos causa!

    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Intenso amor,
    lindo é o seu poema
    sentindo intenso calor
    desse amor vale a pena,
    seja ele verdadeiro
    para toda a vida
    não deixar nenhuma ferida
    nem o coração em desespero.
    Para você amiga Nanda,
    menina poetisa
    com alegria tanta
    tenha uma noite divertida.

    Um beijo para você amiga,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  7. OLÁ NANDA
    Passando para conhecer um pouco do seu blog. Que texto lindo. grande e único amor Não adianta te esquecer Não adianta apagar a sua imagem Da minha memória e do meu coração Não adianta apagar o amor que sinto ...Parabéns pela bela escolha. Aguardo sua visita. Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Amiga Nanda: (sabe que me chamavam assim em criança )

    Um amor tão intenso merece ser celebrado assim, com um belo poema. Parabéns!
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir

Postar um comentário