Saudade

Hoje uma lágrima de saudade caiu dos meus olhos...
Ao pensar em ti.
Lembrei do tempo em que conversávamos por horas e horas...
Era tudo tão mágico, sua presença tão distante...
É tão junto a mim ao mesmo tempo...
O dia amanhecia... e lá estávamos nós, sonhando acordados!
Imaginando como seria o nosso primeiro encontro,
O nosso primeiro abraço...
Hoje uma lágrima de saudade caiu dos meus olhos...
Ao pensar em ti.
Meu coração se entristeceu, o peito doeu...
Lembranças que guardarei por toda vida...
Um sonho não realizado, mas, de tão mágico...
Se tornou realidade em meu coração...
A ponto de se tornares eterno em minha memória.

Nanda Olliveh

Comentários

  1. Querida e doce amiga poeta,
    Saudade! Poxa vida quantas saudades carregamos dentro do coração.
    Momento vividos e não vividos que ficarão guardados em nossa mente e coração
    por toda a vida...Quantas lembranças tenho, quantos sonhos que ficaram lá atras, mas
    que fazem parte de momentos felizes que foram vividos...
    Doce menina que lindo seu poetar! Adorei! Voltei no tempo.
    Se sinta abraçada com muito carinho por esta amiga, que as vezes um pouco ausente não te esquece.
    Marilene

    ResponderExcluir
  2. Poxa... Acredito que também se vive de expectativas, uma espécie de realidade de segundo plano. De repente o sonho vai crescendo, tomando corpo, se transformando. Dia após dia, vamos desenhando com nossos desejos, quase que tocando a forma inacabada, imprecisa, quase palpável. Gostamos do que nos encanta, do que nos conquista a confiança, do que nos acalentam, tantas coisas gostamos. Ninguém manda nos sentimentos, sentimento não se doma. E lá vamos nós se deixando levar, leves como pluma a flutuar. Embora nos arrisquemos a sofrer, paguemos o preço da saudade a escorrer dos olhos, quem quer saber ? O importante é o agora, a gloria de existir, a sensação gostosa. A lágrima da saudade é apenas a constatação que tudo é foi tão forte, existiu de fato, ou de direito, foi mágico, intenso, grudou no pensamento, resistindo ao tempo, uma linda história na memoria. Poesia muito bonita, Fê!

    ResponderExcluir
  3. Hummm que lindeza de texto, amiguinha. Ahhhh a saudade. resta o consolo de que só se tem saudades daqu8ilo que foi bom. beijossss

    ResponderExcluir
  4. Porque é que isso aconteceu,
    dos seus olhos cair uma lágrima de saudade
    porque você um lindo poema escreveu
    perfumado com a delicadeza da felicidade!

    Continuação de bom Ano Novo,
    amiga Nanda. eu te desejo
    saúde, paz, amor e carinho conforto
    boa noite, bons sonhos e um beijo.

    Eduardo

    ResponderExcluir
  5. Nanda

    Belo e imaginativo poema de saudade, a mostrar uma alma emocional, quiçá emocionada, pelas recordações.
    Apesar de tudo, bons momentos de poesia.
    Dentro do possível, Bom 2015,
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda!Saudade... palavra linda ...mas doi no coração.Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nanda...Saudades...Não tem quem não a sente!!
    Dependendo da saudade ela doi muito! Como fogo que arde sem se vê, assim como o pema do Camões.
    Mas as vezes é o que nos coloca mais próximo de algo ou alguém.
    Linda poesia Nanda! Taí estava sentindo saudades de suas poesias e vc nos brinda com essa belíssima forma de matar a saudades de ti.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. Oi Fê
    Puxa que poema mais tocante! Seus poemas sempre são tão românticos e lindos, mas esse realmente tocou meu coração. Fiquei imaginando em duas situações, poderia ser de alguém que perdeu alguém literalmente por morte, ou por uma separação ou divórcio. De qualquer maneira vc e maravilhosa ao escrever.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Nanda muito singelo e romântico seu poema, gostei muito, beijo grande da amiga Clarice

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde querida Nanda.. uma poesia a verter lágrimas do teu interior..
    lágrimas sim de sonhos que acabaram não se concretizando.. lágrimas que deixam marcas e lágrimas que tb nos limpam, nos lubrificam .. levam embora alguns possiveis espinhos que estavam presos a nós.. muito bem escrito.. escrever é se libertar.. beijos doce amiga.. até sempre

    ResponderExcluir
  11. Feliz 2015 Nanda!!!

    A danada da sdd sempre está presente.... o tempo passa e ela permanece...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  12. Ao completar 10 anos de blog
    não poderia deixar de agradecer pelo seu carinho amizade,
    e companheirismo.
    Uma década se passou quantas coisas aconteceram,
    quantos momentos vividos de pura emoção.
    O meu muito obrigada por fazer
    parte dessa década vivida...
    Seu carinho é muito importante
    que eu possa dar continuidade
    para seguir sempre em frente...
    um feliz e abençoado final de semana.
    Evanir para afilhada Fernanda.

    ResponderExcluir
  13. Ola,
    Saudade é a alma dizendo onde quer estar.
    E geralmente esta nas lembranças, nos momentos,
    na emoção do encontro.
    Um lagrima escorrida é feita de poesia.
    beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário