25 de agosto de 2014

(...)

O teu carinho acalenta-me...
O teu beijo aquieta-me...
Tua voz faz-me adormecer
 Em teus braços de amor...
Sinto-me princesa sedenta por teu calor.

Navego no mar que há em teus doces olhos.
Mergulho nos mistérios que em ti habita.
Descubro sonhos cativos, amores perdidos...

Incertezas, vagas emoções...
Desejos contidos de outrora...

Ao envolver-me em teu corpo...
Leio-te com meus sentidos... 
Em cada curva descubro segredos,
Medos...

Realidades, fantasias...
E enfim...
Descubro que sou tua mania...
O desejo que sente todo dia.

Nanda Olliveh

18 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Nanda.. e a doçura dos teus versos continuam..
não tem como não se notar o romantismo que verte nas linhas escritas..
falar de amor é tão belo quanto sentir e ter ele junto de nós..
bjs de bom dia

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Nanda,seus poemas são sempre encantadores,repletos de magias e seduções.
bjs amiga
Carmen Lúcia.

Bell disse...

Lindo e encantador.

A música de fundo é lindaaaaaaaaaaaaa


bjokas =)

Nanda Olliveh disse...

Obrigada pela generosa visita amigo!
És sempre muito bem vindo!

Beijos!

Nanda Olliveh disse...

Se isso for bom, ponto pra mim amiga Carmem, rs

Obrigada minha amada e sempre amiga!

Nanda Olliveh disse...

Obrigadaaaa miga Bell!
Você é um doce de menina!
A música realmente é linda, e os interpretes arrasaram, rs

Beijos!

Daniel Costa disse...

Nanda, sempre se sente uma grande dose de amor nos teu poemas, o que os torna belos,
Beiijos

Ricardo- águialivre disse...

Divina inspiração...Poema muito bonito

Deixo cumprimentos
*********************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Élys disse...

Tuas poesias são sempre lindas e plenas de ternura. Você tem muita inspiração.
Beijos.

Nanda Olliveh disse...

Obrigada amigo Daniel por sua ilustre visita!

Beijo de amizade!

Nanda Olliveh disse...

Que bom que gostou amigo Ricardo!

Obrigada pela visita!

Nanda Olliveh disse...

Amigo Élys sempre fico feliz com sua generosa visita!

Obrigada!

Fábio Murilo disse...

Bom é amar e ser amado, ser correspondido. Encontrar no outro o porto seguro, o abrigo, o amor, amizade, atenção, proteção. Ter aonde ir quando bate o medo, a insegurança, como criança desprotegida buscar acolhida, um abraço, um ombro acolhedor. Saber que existe alguém que não desiste da gente, que insiste, nos compreende, nos estende os braços salva-vidas nas vicissitudes. Que é sonho, é real, é afinal vida de nossa vida.

Nanda Olliveh disse...

... verdade Fábio.
Há uma frase que diz: que é impossível ser feliz sozinho
É certo que precisamos de um alguém para nos fazer sorrir nos dias tristes, e também sorrir com a gente nos dias alegres... Nos aquece nos dias frios e compartilhar o calor do verão...
Toda mulher deseja uma flor na primavera... E até dividir a doce melancolia do outono com um alguém.

Beijos amigo, agradece a nobre visita!

Anne Lieri disse...

Nanda,que beleza de poema de amor! bjs,

Nanda Olliveh disse...

Obrigada amiga Anne!

Beijos!

vendedor de ilusão disse...

Olá Nanda!
Uma poesia linda como essa não precisa nem de título; está tudo contido nela. Achei inspiradíssima e deslumbrante; de encantar...
Tenha um ótimo fim de semana.

Nanda Olliveh disse...

Que ótimo te ver de volta amigo!
Fiquei feliz!

Obrigada pela visita!

Beijos!

Visitantes.

Marcadores.

Poema (196) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.