(...)


E que venha o Outono!
Para adoçar ainda mais...
A minha doce melancolia.

 Nanda Olliveh

Comentários

Postar um comentário