25 de fevereiro de 2014

Poeminha

Diz que me ama?
Ainda que seja em versos louco, 
Meio torto...
Grite, fique rouco.
Mas diz que me ama?

Fale baixinho.
 Mas diz que me ama?
Não precisa muito.
 Me demostre com um carinho.
Mas diz que me ama?

Diz que me ama?
''Porque Eu Te amo''.

Nanda Olliveh

23 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Nanda

Adorei o teu poema.

Beijinho e um dia lindo.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Gracita disse...

Oi filhotinha
Quem ama com esta intensidade merece o grito de amor do ser amado como resposta. Lindoooooo
Você está a bordo de um novo dia. Diga: bom dia, dia! Bom dia, vida! Bom dia, sensibilidade! Bom dia, fé! Bom dia, coragem! Bom dia, talento! Bom dia, trabalho! Bom dia, alegria! Bom dia, felicidade! Bom dia pra você!

Ives disse...

Quantas vezes nos calamos enquanto poderiamos dizer "eu te amo" abração

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Poeminha lindo de viver!
bjs amiga Fernanda.
Carmen Lúcia.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Nanda. poeminha delicioso.. esse amor sempre provocando desejos e sensações na gente né.. ainda bem
bjs e até sempre amiga querida

Bell disse...

Tão bom ouvir um eu te amo né?
Ainda mais qdo é inesperado rs...

bjokas =)

Nanda Olliveh disse...

Obrigada amiga Cidália, foi apenas um poeminha, rs para descontrair !

Beijos amiga, grata pela carinhosa visita !

Nanda Olliveh disse...

Oiiii mãezinha, obrigada pela sua visita que alegra-me !

Beijinhos em seu coração !

Nanda Olliveh disse...

É verdade amigo Ives !
Se sentimos algo é bom dizer... Faz bem pra nós que dizemos e bem pra quem ouvir !

Beijos amigo !

Nanda Olliveh disse...

Obrigada amiga Carmem !

Grata pela visita !

Beijos em seu coração !

Nanda Olliveh disse...

Olá amigo Samuel, que bom tê-lo aqui, saudades !

Obrigada pela visita !

Beijossss

Nanda Olliveh disse...

Hummmm é muito bom mesmo miga Bell !

Obrigada pela visita miga !

Beijos em seu coração !

Beatriz Bragança disse...

Querida Nanda
Que grande amor! Mas, apesar de grande, precisa de ouvir palavras de amor,precisa de ser confirmado! Sempre!
Que bonito poema!
Muitos parabens.
Beijinho
Beatriz

Ricardo- águialivre disse...

Poema meiguinho, qual grito de um coração que deseja ouvir: Eu te amor
Lindo mesmo

Cumprimentos
*******************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Fábio Murilo disse...

Eita que essas palavras travam na garganta, por medo de reprovação, timidez, sei lá. Diz-se tantas palavras ofensivas por ai, xingamentos, insultos, fofocas, mas um "eu te amo", não. Como se fosse um crime, um atrevimento dirigir palavras tão bonitas a alguém. Isso, antes, é um elogio, uma honraria, um reconhecimento.

Nanda Olliveh disse...

É sim amigo Fábio Murilo !
Talvez algumas pessoas não digam por ter dúvidas dos seus sentimentos...

Beijos amigo !

Grata pela visita !

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Lindooooo demaissss. Amei esse, amiguinha. beijos

Rita Sperchi disse...

Parabéns nesse dia tão especial a todas
Que seu dia seja super alegre, desejo a vc muita
paz no seu dia, no nosso dia um bom final de semana

Meu agradecimento e abraços de sempre

¸¸.•*•❥ ¸¸.•*•❥ ¸¸.•*•❥Rita!!!

Lis Fernandes disse...

Que lindos versos, amiga!
É incrível como essas três palavrinhas são mágicas e quando a queremos ouvir é melhor que a nossa música preferida quando começa a tocar do nada. rsrs.
Apaixonada sempre, querida.

Beijos,

Lis

Nanda Olliveh disse...

É verdade amiga Lis !

Grata pela sua carinhosa visita !

Beijos em seu coração ! <3

Anne Lieri disse...

Nada melhor que uma linda declaração de amor como essa sua poesia! Ficou demais,Nanda! Muito obrigada pelo seu carinho em meu blog tb! bjs e ótima semana,

Augusto Sperchi disse...

Oi Nanda!
Obrigado pela visita e comentário em meu blog. Vim conhecer o seu e me deparei com um simples e belo poema. Dizer um mero "eu te amo" causa milagres, libera hormônios do prazer e pode tornar uma pessoa bem feliz. Simples assim.
Um abraço!
Ah, aquela torta não fica com o doce da maçã, levemente só, O sabor dominante é o salgado mesmo.

Bandys disse...

Oi Fernanda,
Uma delicia falar de amor. Mesmo que seja só um poeminha.
Eu ensino aos meus alunos todos se confraternizarem com um eu te amo.
Para não crescerem adultos bobos e sem sal,.
Obrigada pela visita.
Eu sempre demoro a encontrar a entrada do teu blog;
beijos

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.