30 de outubro de 2013

Que nasça a poesia


Que nasça a poesia, uma por dia.
Que não acabemos o encanto dela,
Mas que ela floresça e nos aqueça.

Como esse sol matinal e ameno
Que pontual não atrasa e não falta,
E seca o orvalho da mata,
Desperta a sinfonia dos pássaros,
Pinta de azul o firmamento,
E colore, enfim, toda natureza.

Que no final do dia, cansado, ainda é mais lindo,
Guerreiro vencido, agonizando,
Manchando o céu vespertino em dores escarlate.
Tombando encantado ao final da tarde,
Afundando no breu da noite num breve adeus.

Parceria Poética : Nanda Olliveh/ Fábio Murilo 
do Blog '' A poesia está morrendo ''

17 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Linda parceria amiga Fernanda!
Que nasça a poesia e que nunca morra.
Que ela chegue com todos seus encantos em versos.
Parabéns à você a ao Fábio Murilo.
bjs amiga
Carmen Lúcia-mamymilu.

Cidália Ferreira disse...

Que bonito !!
Linda parceria. Parabéns

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Fábio Murilo disse...

Sou suspeito pra falar, mas só queria elogiar o bom gosto na escolha da sugestiva foto, a disposição das palavra e dos versos, o beleza do blog, com essas cores quentes tendo ao fundo o preto, também gosto do preto, uma cor elegante. Legal nosso poema e parceria, foi bem gratificante Poetisa Fernanda.

http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

Beatriz Bragança disse...

Querida Fernanda
Belíssima imagem!
Um belo poema a chamar a poesia.Pois que ela nasça e floresça!
Beijinhos com carinho
Beatriz

Ives disse...

A poesia nasce com o calor do sol, e com a natureza pintando o universo todo! abraços

Ricardo- águialivre disse...

Simplesmente maravilhoso...Pura inspiração dado pela imaginação da natureza.

Deixo um abraço
*****
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Fernanda.. o bom que ela sempre nasce e se renova.. e em parceria ainda nem se fala né.. o blog do Fabio devia se chamar a poesia esta vivendo pq a gente não deixa ela morrer nunca bjs e um lindo dia

edumanes disse...

Então que nasça a poesia
Para sempre
E não só para um dia
Assim como o calor
Que corpo sente
Para sempre com amor
Sem amor corpo fica doente
O desejo a molestado
Desnorteado o prazer
Triste coração coitado
Sem amor está a sofrer!

Bom dia para você
amiga Fernanda Oliveira, um beijo
Eduardo.

Bandys disse...

Nossa!!! essas duas feras juntas!!! A delicadeza da poetiza
e a determinação do poeta. O importante é
colorir nossas almas com tão belos versos.
Parabéns aos dois que tanto estimo.
Beijos

nelma ladeira disse...

A poesia não pode acabar,ela alimenta as nossas vidas.E sol mesmo cansado está bem cedo de volta para nos aquecer.Lindíssimo poema amei.
Obrigada por sua visita,beijinhos e um ótimo fim de semana.

Lucimar da Silva Moreira disse...

Belíssima poesia Fernanda que a cada dia a poesia venha nos contagiar com a magia das palavras, Fernanda passando pra desejar um ótimo final de semana fique com Deus beijos.
Blog/Grupo Amigos/FanPage/ Pinterest/NetworkedBlogs/Bloglovin

Rita disse...

Bom dia bom feriado!!!!
Minha doce Fernandinha, elogios pra vc e para
o Murilo que juntos formam palavras abençoadas
para ler , amar e ficar no coração, continue assim
sempre deixando um rastro de beleza te adoro minha fofa
Abraços de sempre

(.") .
. /█\..└──●► *Rita!!

Laura Santos disse...

Maravilhoso!
Que nasça sempre poesia, que a façamos nascer!
Já dei meus parabéns ao Fábio e a você lá no blog dele, agora estou vindo aqui fazer o mesmo. Muitos parabéns pela bela parceria! Gostei muito
xx

edumanes disse...

Os teus lábios beijava!...
Momento de loucura e coragem
Se eu pudesse te levava
às nuvens numa viagem

Te desejo um domingo
bem passado,
No teu peito uma flor
O teu corpo perfumado
De carinho e muito amor

Um beijo
Eduardo.

Expedito Gonçalves Dias disse...

Impossível viver sem poesia!
Parabéns!!

Anônimo disse...

Maravilhaaaaaaaaaaaaaaaa ameiiiiiiiiiiiiiii (U. Lins)

Daniel Costa disse...

Fernanda

Este poema, como todos os teus evoca o amor, o torna o post maravilhoso e romanesco.
Beijos

Visitantes.

Marcadores.

Poema (196) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.