Não chores


Não chores meu Amor
Aquieta lhe...
Deixa-me evolver-lhe em meus braços...
E juntos sentiremos o Privilégio de Amar

Sorria porque o inverno passou...
A primavera chegou,
Fazendo florescer o nosso amor

Não chores mais meu Amor
Deixa-me aquecer lhe com o 
calor dos meus beijos,
Evolver-lhe em meus ardentes desejos...
Que pertencem somente a Você,
Meu Amor, Meu Bem Querer.

Sorria sempre...
Porque é...
É chegado o verão!
E descobri que você é minha primeira
 e única paixão!
Acaricia o meu coração...
Abraça-me...
Aquece-me com seu calor,
Que me faz tão bem,
Ama-me como quiseres...
Pra sempre e sempre.

E nas profundezas dos olhos meu você fará morada,
E não me deixará enxergar mais nada... nada...
Só verei o seu rosto, só sentirei o seu gosto...
Só sentirei o seu amor... o seu amor...

Não Chores mais... não, não chores.
Eis-me aqui... ama-me!

Nanda Olliveh

Comentários

  1. Que lindo Fernanda,uma declaração de amor ao seu amado!A primeira e única paixão!Esse é o verdadeiro amor,àquele que se ama por toda vida.

    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Fernanda. Quando amamos queremos consolar o coração da pessoa amada e protege-la de qualquer tristeza, muitas vezes, dela mesma, que não consegue se libertar de lágrimas que não rolam, mas estão ali.
    Dê o seu amor, a sua alma e o seu carinho, quem sabe não será essa a cura para a dor da pessoa amada?
    Beijos e fique na paz!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Fernanda!
    poema maravilhoso em apoio ao amor, fiquei encantado com a facilidade com que escreveu esta beleza.

    ag

    ResponderExcluir
  4. Olá Fernanda Oliveira
    Boa tarde.

    Linda "inspiração" Gostei de ler...
    Parabéns.

    Deixo-te um beijinho

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Fernanda... tua poesia me lembrou a tão famosa música don't cry da banda guns n roses..
    a poesia pode tudo e assim como a música que tem o complemento dos instrumentais a poesia tem o complemento do coração que tão bem a molda... tenhas um lindo dia amiga bjs

    ResponderExcluir
  6. Com um poema lindo desses, duvido que ele chore mais. Lindo poem,amiga. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Fe,

    Pode deixar que ja arrumei la no blog, rsrsrs;

    O amor é um sentimento que não precisa das estações para florir.
    Por isso ame bastante pois ele vai florescer em todas as estações;

    Lindo poema

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo Fernanda, uma inspiração no mais lindo sentimento,que faz transe na alma.
    Gostei e parabenizo.
    Meu terno abraço amiga.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  9. Que grande ode ao amor! Muito bonito, gostei muito.
    x

    ResponderExcluir
  10. Oi Fê
    Que lindo! Com um amor tão grande, não há como chorar!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  11. Olá!Bom dia

    Muito lindo...
    Existem pessoas que não dão importância a essas pequenas coisas e simples detalhes, mas eu, sinceramente, prefiro um amor que não se limita em beijos, noites de amor e exclusividade. É bem mais que isso. É palavra de conforto e apoio. É satisfação de ter o outro ao seu lado e o de ser o que esse alguém precisa. É a alegria de sempre tentar ser e fazer o melhor em prol do amor.
    ...sim,eu alterei o nome do meio blog, meio na surdina, mas obrigado por renomear
    Pela visita
    Belo final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Boa noite filhotinha amada
    Mais um belíssimo poema de amor. Você deixa o amor exalar pelos poros do corpo e tua alma transcende este sublime sentimento. Quando amamos não há porque chorar.
    Beijos com amor
    Tua mãezinha
    Gracita

    ResponderExcluir

Postar um comentário