17 de agosto de 2013

Conto Poético: O nosso amor



Nosso amor começou lá no interior.
Foi lá que aflorou o nosso amor.
Foi lá que você me escolheu para ser sua flor.
Enquanto meus amigos saiam pra se divertir...
Eu ficava olhando para o céu...
Pensado em ti.

Lembra da primeira vez que nos vimos?
Foi um encontro divino,
 Como se o destino houvesse marcado,
Aquele encontro pra nós.

E fôssemos como dois pássaros caindo em uma armadilha...
Uma armadilha de amor.
Seu sorriso delicado me encantou,
E percebi que de mim você logo gostou,
Pelo jeito como me olhou.

Aquele povo todo andando pra lá e pra cá...
A música tocando, o cheiro de terra molhada.

Bons tempos, grandes foram os nossos momentos.
E depois de anos de namoro e noivado, nos casamos.
E aqui estamos os bons momentos recordando.
Lembrando-nos sempre, que nos conhecemos lá no interior.

Um lugar simples, mas cheio de excelência.
Onde ainda aos pais e avós se pedia a 'bença'
Ah, quem dera se os bons costumes tivessem prevalecido.
Vivemos em um mundo tão esquecido...

Esquecido do amor.
Mas eu não esquecerei jamais da nossa casinha,
 Foi lá que passamos as nossas primeiras noites de amor.
Era tudo tão natural, tão lindo...
Os pássaros cantando ao amanhecer,
O sol se pondo ao entardecer.

A noite parecia sempre tão linda, tão convidativa.
Lembro-me que eu ficava admirando o céu, contando estrelas...
E namorando a lua.

E hoje estamos aqui, morando em uma cidade grande.
E o meu desejo é que o nosso amor,
Continue sendo simples como o interior.

Que continue tendo o cheiro de terra molhada,
E o perfume das flores rosadas.
Que os nossos corações continue sendo como aquela casinha,

Que era tão humilde, mas abrigava uma grande excelência...
O nosso amor.

 E hoje o que me deixa muito feliz,
É saber que o mais puro sentimento
Daquela época os nossos corações guardou.
O nosso amor.

Nanda Olliveh

21 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Fernanda Oliveira

Olha deixa-me dizer-te que AMEI o teu poema...que mais parece um realidade, linda....Musica excelente.
Que, no enlace do poema ficou divino.

Olha adorei...gostava de te levar a música... mas só com a tua permissão.

Tem um sábado feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Ok talvez nem dê... Mas gostei muito dela...
Se puderes manda-a para o mail do meu blogue...
beijinho e obrigada..

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Lindíssima homenagem de amor ao ente querido. Lindo mesmo


Um Sábado Feliz
Abraço
***********************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

MARIA MACHADO disse...

Bom dia querida Fernanda
Que belo conto, essa sua história me fez voltar ao passado, trazendo minhas lembranças de como eu era feliz com tão pouco,bastava-me o amor dele.
Mais temos um inimiga cruel que é a morte.

Parabéns menina amei seu conto poético...O nosso amor"

Tenha um Sábado-feliz, viu?

bjs

Maria Machado

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Fernanda.. sempre com o coração a transbordar amor.. o bom que para o amor o coração sempre tem espaços extras não é.. pq senão o teu já teria enchido .. lindo dia minha amiga bjs e um lindo conto coisa que não sou bom em fazer pelo menos até o prezado momento rsrs

Malu Silva disse...

Há amores que ficam guardados como o mais puro dos sentimentos para sempre!!! Um lindo sábado para si!!!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Uma história linda de amor e com essa música ficou mais doce.

bjs Fernanda!
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Laura Santos disse...

Muito bonito este teu poema, Fernanda! Também gostei muito da música.
xx

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Nascemos
para o amor.
Tudo o mais
é desvio
ou consequência
de não amar
ou amar.

Amar é inspirar
o mundo.

Anne Lieri disse...

Ai Fernanda,que linda e romantica sua história de amor!Bjs,

SIMONE PRADO disse...

hunnnn....isso que é inspiração...me fez lembrar daquela musica da CASINHA BRANCA....as vezes miga, é preciso voltar no principio para nos reencontrarmos. Lindo texto!!!1PARABÉNS....

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Uma singela história de amor, contada com a delicadeza que merece. Beijosssss,.

Luciana Souza disse...

Oi Fe
Eu sempre gosto de seus poemas. Mas me encantei mesmo com esse. Cheguei a me emocionar! Lindo!
Bjos.

Carlos Rímolo ( Poeta Cigano ) disse...

Querida amiga e poetisa Fernanda !!!

Perdoa-me a longa ausência. Meu tempo Há tempos tem sido escasso. Hoje, consegui Um espaço e aproveitei para visitá-la e, deleitar-me Com seus lindos textos poéticos.
Belíssimo Conto de amor. Está de parabéns.
Meu número de seguidores, embora me sinta Orgulhoso, tem atrapalhado um pouco, mas vou,
Com certeza, Adequar o meu tempo.
Um início de semana maravilhoso é o que desejo Pra você. Que haja muita luz e amor em seu coração.
Beijos de luz !!!

POETA CIGANO – 20/08/2013
http://carlosrimolo.blogspot.com
“Poesias do Poeta Cigano”

Daniel Costa disse...

Fernanda

Que linda história e romance poético. Fez-me recordar outras eras que vivi.
Bela peça!!!
Beijos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi amiga Fernanda,a mensagem em minha postagem "Frágil",eu quis passar que o coração é tão frágil como uma porcelana e se for magoado,fica despedaçado,práticamente sem poder se regenerar.Que o amor é lindo e que devemos vivenciá-lo com intensidade,caso contrário se for rompido,o coração fica em lágrimas,frágil como uma porcela,pela perda desse grande amor.Talvez com o tempo,volta a se regenerar,mas nunca mais será àquele mesmo que sentiu essa paixão vivida com amor.Por esse motivo temos que lutar para que esse coração não fique igual à uma porcelana quebrada e acreditar que um grande amor vence todas as barreiras.
Entendeu amiga!

Obrigada da visita.

bjs com carinho
Carmen Lúcia.

MARILENE DOMINGUES disse...

Olá doce poeta! Que lindo heim, eu sempre digo que a felicidade esta nas coisas simples, e o amor é uma coisa simples, quando fazemos dele o melhor para dois...Parabéns menina pelo lindo e verdadeiro poema de amor...Seja sempre feliz dessa maneira.Adorei o seu poetar na simplicidade.
Beijos com muito carinho e que Deus abençoe sempre e cada vez mais esse seu lindo amor.
Marilene

Bandys disse...

Escrito com dedos de seda... muito lindo e delicado que vc escreve.

Beijos Fernanda

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Lindo,Nanda.

Não vi seu nome animado nos mimos.

Onde o colocou?

Beijos ,amiga

Donetzka

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Achei,Nanda.

Vc colocou o nome no final da página.


Bjs

Done

Toninho disse...

Uma maravilha estar nesta lembrança da vida simples e próxima da natureza. Adorei viajar com você neste tempo que bem vivi pelas Minas tão Gerais com todas as tradições.
Que o encantamento seja eterno e que as boas lembranças possam embalar e inspirar linda poesia como esta.
Um carinhoso abraço amiga.
Beijo de paz e luz em sua vida.

Visitantes.

Marcadores.

Poema (196) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.