Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Meu lugar

Imagem
E quando só o silêncio me restar, e a noite cair. Estarei pensando em ti Pensando em tudo que vivemos Em nossos preciosos momentos...
E mais uma vez na doce esperança te ter aqui junto a mim,  Irei submergir... Na doce lembrança de outra vez te amar... Irei navegar... Navegar em sonhos Pois só assim me recomponho, Volto ao meu lugar. Pois o meu lugar é ao teu lado.
E nessa viagem fascinante verei de novo o teu sorriso,  Sentirei o teu amor que me fez alcançar o infinito, Que me fez um dia achar que nenhum mal poderia me alcançar... Ah, o teu amor... Meu protetor! Ah, o teu amor... Sempre querendo me amar! Sempre querendo correr... Correr para mim como as águas correm para o mar Sempre querendo um carinho sem fim... Em mim desaguar. E cada vez mais eu percebo, compreendo, entendo...  Que ao teu lado é o meu lugar.
Não, não quero só lembranças, esperanças... Chega de saudade... Eu quero realidade! Quero você de verdade. E antes que o sonho se acabe, e você se vá... Deixa-me lhe dizer …

O Mineiro Apaixonado e o Cientista

Imagem
Discurpa, seu dotô num vim aqui para brigar respeito seus diproma na parede, mas eu tenho sede de saber  do que vi o sinhô falano da tv. Ara, sinhô falô que essas coisas de emoção  não sai do coração, que vem de um tar de cérebro que tem uns nerônios, sei lá o quê. Intão, o sinhô isprica porquê meu coração fica uma dorzinha gostosa quando num vejo minha formosa, quando tenho sordade dela, quando alembro dela na janela isperando eu passá pra nois namorá E quando nóis briga, dotô, é bem pió aí que meu coração fica com dor.
Discurpa, dotô  Se o sinhô pensa isso é porquê nunca se apaixonô. (Carlos Soares de Oliveira)

Fonte: Livro ''O voo do Beija-flor'' Clik em: Carlos -Menino Beija- Flor

Reticências

Imagem
Eu e minhas reticências... Sempre querendo dizer lhe mais...  do que já estou a lhe dizer.
Talvez seja a intensidade do meu amor você. Talvez seja um beijo que ficou por dar,  um abraço, um afago... Um desejo à se concretizar...
Talvez sejam palavras que se perdem no vento... Quando o meu amor grita querendo lhe encontrar, Quando minhas mãos num carinho tenta lhe alcançar... Quando mais um beijo eu quero lhe dar.
Eu e minhas reticências... Nesse universo de amor e saudade... Nessa falta que você faz, deixando-me sem a felicidade... A felicidade de lhe tocar, de ouvir sua voz,  e lhe dar um beijo logo após.
Que fascinante esse amor. Que me faz lhe amar assim... Sem nunca pensar no fim... E assim eu vou vivendo e lhe querendo.

Sabe amor, quando você não está aqui, meu coração se aperta em saudades sem fim... Sinto falta do jeito que você me abraça, Sem você aqui... nada tem graça...

E se por acaso ouvires um barulho em sua janela no meio da madrugada, Se sentires um vento suave bater e…

Sua menina

Imagem
Sob a luz do sol... Sob o brilho do luar Eu quero lhe amar... Quero ser sua menina... A menina que lhe ama, que lhe mima... Que lhe afaga, que lhe arrebata... Eu e você Em um sonho de amor. Sensações à brotar... Vontades á voar... Quero ser a menina... Que nina seu coração Que lhe traz inspiração... Quero ser o seu sonhar... Sob a luz do sol Sob o brilho do luar Eu quero lhe amar... Quero ser a sua doce companhia...
A sua alegria.
''Eu quero ser a sua menina'' Nanda Olliveh

(...)

Imagem
O amor tomou-me pela mão... E passado algum tempo... Abandonou-me no ''Porto da Solidão'' Eu sofri... chorei... Perguntei a mim mesma como seria o meu fim.
Foi então que você apareceu... Libertou-me da solidão... Soltou as algemas do meu coração... E me trouxe à vida! E desde então tudo em mim se fez poesia... Uma por dia. Uma bela magia que me alegra a cada novo dia.

''Doce encanto seu...  Que me fez encantar-me por você como uma menina inexperiente- apaixonada... E lhe amar como uma mulher- fera indomada... ''
Nanda Olliveh

Poesia

Imagem
(...) e assim segue o Poeta á pintar a sua poesia... Pintando-a com maestria... Mostrando ao mundo sua arte com alegria... Em seu pensamento a fantasia... Inspiração á brotar de noite e de dia.
Fazendo nascer a cada novo dia uma composição de 'Amor e Paixão'  E quando o assunto é a natureza, ai então em suas palavras não lhe falta beleza! Não lhe falta naturalidade... Demostra o Poeta, ser um Poeta de verdade... Sensível às belezas naturais, permanece ele, longe das coisas banais.
Em seu coração a arte de amar, em seus escritos a arte de encantar. Talento soberano, concedido pelo seu Criador... Que o deu para usar com louvor!
Dom que concedeu ao Poeta... Que em sua pequenez humana seja da vida um autor. E lhe deixou inspirações reais e belezas naturais: O sol, a lua, as estrelas... Ás águas cristalinas... A mulher, o beija-flor a beijar as flores...
O mar...
No azul do céu as aves á voar... E o que dizer da beleza da flor? As borboletas, o canto dos pássaros!
E no mais profun…

Intensa saudade

Imagem
(...) Sozinha... Que frio... Tudo está vazio... É madrugada, e o vento está soprando forte... Sacudindo as cortinas... as janelas fazem barulho... Levanto-me vou até a sala... Perdi o sono... E sinto-me em uma espécie de abandono... Sozinha... pareço vazia... Sentindo na pele a frieza da noite que me invade... Começo a  pensar em você... de como é grande a saudade. Penso se você está bem, se está pensando em mim... Se alguém te ligou. Ciúme?... Sim pode ser. Ou talvez seja medo de te perder. Sim... eu sinto que você me ama. Você me disse, mas a insegurança ás vezes toma conta do meu ser... Eu amo demais você.
Já está amanhecendo, e eu aqui, continuo te pertencendo... Com a saudade e o meu amor por ti como companhia... Aguardando talvez um telefonema seu... Na esperança de ouvir sua voz. ''Perdoe-me amor por tanta intensidade, não quero te sufocar... Mas esse é meu jeito de amar...''
Nanda Olliveh

Carta ao amor distante

Imagem
Oi amor, perdoe-me lhe escrever mais uma carta... É que a saudade apertou na madrugada...  De repente meu coração disparou e... As lágrimas inundaram meu ser... Tudo isso é porque sinto falta de você.  Eu sei amor que falta pouco pra você voltar... Mas doí tanto ficar longe de você. Gostaria muito que estivesse aqui agora. Estou me sentindo tão carente, descontente... Neste momento queria estar em seus braços, sentir o seu cheiro... Que me arrepia o corpo inteiro. Sentir suas carícias, ouvir você dizer, que me ama. Ouvir você sussurrar palavras bobas ao pé do ouvido... Ah, amor sem você nada parece fazer sentido. Eu queria tanto lhe beijar, lhe amar... Volta logo! E se quando você voltar, eu não estiver aqui... Culpe a saudade, pois ela está quase me matando. Mas antes disso ouça-me dizer, que lhe amo. Beijos meu amor. Guardarei todo esse amor para desaguar em você. Pois tudo em mim é seu... Somente seu.  Volta logo...
Nanda Olliveh

''Delírios de Amor''

Imagem
Delírios de amor... Em mim você causou Um amor de 40 graus
meu coração inundou... Sem avisar você chegou... E minha vida transformou.
Febre constante... Calor delirante Deixando a tristeza distante Em um simples instante.

Fazendo-me sentir a sua amada...
Sua mulher- menina, sua namorada...

...Você é o meu almirante.
O comandante do meu coração...
Minha alucinante paixão.

''Sim...
Meu amor apaixonado!
Meu eterno namorado...''

Nanda Olliveh

''Amor Bailarino''

Imagem
Você inspira-me à um... Amor Bailarino... Amor que faz o coração dançar... Amor com um toque Fascínio... Amor que faz o coração balançar...
Amor que...  Convidou-me a bailar... Juntinhos bailamos à luz do luar... Trocamos carinhos até o sol raiar.
Por um momento...  Senti-me flutuar... Que maravilha é...  Lhe amar!
Nanda Olliveh

Estrela Cadente

Imagem
Estrela Cadente Posso lhe fazer um pedido bem grandão? Traz pra mim meu amorzão! O dono do meu coração...
Diz pra ele que sem ele eu não posso viver... Como diz a canção: ''A realidade é que sem ele aqui não há paz Não há beleza É só tristeza, e a melancolia. Que não sai de mim, não sai de mim, não sai...''
E diz pra ele também que tudo começou quando ele me disse: Ô Fê! Deixa eu cuidar de você?

Nanda Olliveh

Bobo coração!

Imagem
Bobo coração!
Se eu decido lhe deixar...
Ele logo faz protesto, se manifesta contra mim! Eu converso, explico... O convenço...
Mas é só você me dizer lhe amo! Pra Ele esquecer todos os juramentos racionais que me fez...  E se entregar a emoção mais uma vez.

É só você me desejar um lindo dia,
pra ele abrir um sorriso, e dizer pra você Seja bem- vindo! Ah, que coração esquecido!
Bobo coração! Que lhe ama demais, e esquece até mim, E vai atrás de você,
na força do pensamento procurando seu alento.
Ah, Bobo coração! Dá vontade de deixar você de castigo... Mas acabo voltando atrás... Porque amar é bom demais!

Nanda Olliveh

Poema Fernanda Oliveira

Imagem
Pausa na sombra da figueira Procurando inspirações Fernanda Oliveira Podendo provocar lições, Com sua doce maneira, As suas devoções, A craveira,  As suas elevações, De mulher, mãe, elegante, blogueira, Poetiza a dar lições, Poetiza verdadeira Com romantismo a embriagar corações, Sensualidade ali dosada, a parecer rotineira, Resultando, docilidades de emoções, Paradigma de poesia verdadeira, Atribuo-lhes mais louvações, Cultiva a prosa, a que se agarra como trepadeira
Sempre para o romantismo, tem propensões Está-lhe na alma essa bandeira Do mundo tem essas visões, Visão bela e dianteira,
Vamos pugnar, por mundo de espíritos sãos! Com a sensível Fernanda Oliveira, A mulher bonita, de bonitas inspirações, Fernanda Oliveira, A mulher que se entrega ás letras com devoções, Fernanda Oliveira! (Daniel Costa)

Este poema foi postado no blog Daniele Milagre do autor deste poema a mim dedicado ''Daniel Costa''
http://danielmilagre.blogspot.pt/
Ao qual eu gostaria de deixar á ele…