20 de maio de 2013

O silêncio e eu...


" (...) Hoje,
nada quero escrever.
Irei dedicar-me aos silêncios.
Meus silêncios.
Há tempos, não os ouço.
Preciso tocá-los
Senti-los
Afagá-los.
Ficarmos a sós,
deitados sobre as horas ...
Num lugar,
onde nem o vento
consiga nos escutar "

Bruno de Paula

8 comentários:

Lis Fernandes disse...

Olá querida Fernanda!
Que lindo post!
Tem vezes que só o silêncio é boa companhia.
E como nos faz bem.
Beijos, linda e abençoada semana pra você.
Lis

Élys disse...

Escutar o silêncio é divino.
Beijos.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Há momentos na vida que precisamos e um descanso.

Bjs amiga Fernanda.

Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

edumanes disse...

Boa noite amiga, Fernanda Oliveira
Não faças isso eu te venho dizer
Desculpas-te com o silêncio dessa maneira
Antes a preguiça não te deixa mais escrever
Não te deixa digo eu, na brincadeira
Esse olhar se parece com o teu
Lindo de quem escreveu, o poema
Porque o silêncio não venceu.
Ficas a sós com os teus pensamentos
No silêncio mergulhada
Em vez de afagos sofrimentos
Por isso não fiques calada
Felicidade vale tudo
Sofrimentos não valem nada.

Obrigado pela visita, boa noite e um beijo
para você, amiga Fernanda Oliveira.
Eduardo.

Bandys disse...

O silencio as vezes grita.

Que lindo tudo por aqui.

Beijos

Bell disse...

è no silêncio que mais nos conhecemos.

bjokas =)

Luciana Souza disse...

Oi Fê
Lindo poema. Realmente às vezes precisamos escutar o silêncio. Adorei!
Bjos.

Severa Cabral(escritora) disse...

BOM DIA MINHA QUERIDA E AMADA MENINA !!!!!!!!!!
MUITO MELANCÓLICO SEU POEMA,MAS DIZ O SILÊNCIO
QUE O GRITO É BEM MAIS ALTO...
BJS MINHA FLOR!!!!!!!!!!

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.