24 de maio de 2013

O Coração e a Lua

Ordenei ao meu coração para não mais sentir saudades sua
Mas ele parece não ter me dado ouvidos, sempre tão decisivo...
Em uma noite dessas acordei e o fui procurar...
E o encontrei conversando com a Lua, falava ele da falta sua...
Da saudade que o tem deixado tão despedaçado.

E fiquei ali ouvindo aquela conversa, entre meu Coração e a Lua.
A Lua lhe perguntou:
Porque tanta saudade?
E o coração lhe respondeu:
Meu amado me disse que nunca me esqueceria, que nunca me deixaria...
Mas já se passaram tantos dias e...
E a Lua tentando o consolar lhe dizia:
Ás vezes criamos lindas fantasias...
Mas nem sempre as coisas acontecem como sonhamos.
Mas espere! Pois nada chegou ao fim ainda.

E o coração tão triste insistia em dizer:
Não sei, meu amado disse que me ligaria a hora que fosse...
Ah, companheira Lua, me ilumine, como faz com as ruas escuras desta cidade, e com sua tão forte claridade, me livra desta tão forte saudade...

E vi que a Lua, lhe dava tanta atenção, pois realmente sofria o coração...
A dor o fez ancorar-se no ''Porto da solidão''
E a Lua  disse ao coração: 
Ah, coração sinto realmente que estais á sofrer, mas  além de lhe ouvir, o que mais poderei por ti fazer?

Então depois de tudo aquilo ouvir, pedi licença para participar da conversa.

E disse ao meu coração: Ordenei-lhe a não se envolver
Mas você parece gostar de sofrer...
Você chora, mas a dor é no meu peito...
Você chora, mas é dos meus olhos que caem as lágrimas, e às vezes tão geladas...
Você sofre, e todo sentimento de dor, em mim deságua...
E deixam Coração, minhas emoções assim...
Tão desabrochadas...
À flor da pele.

Mas que saber...
Soframos juntos essa noite então,
Por esta tão forte paixão.
Por este intenso sentimento
Que ao mesmo tempo em que alegra
Traz sofrimento.

Que faz você bater tão forte
Como se fosse o seu último dia de vida,
Como se somente isso o trouxesse alegria.

Nanda Olliveh

13 comentários:

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Vim para lhe dizer que não me esqueci de ti, nem deste lindo cantinho, peço desculpas pelo meu silencio, mas tem sido por conta da vida, que em certas vezes nos pede um pouquinho de tempo para ela mesma. Vida que apesar de nos trazeres muitos desafios a desvendar, nos trazer a serenidade de te viver com muita alegria, paz e amor.
Peço desculpas pelo recadinho montadinho, eu queria muito passar pelo seu cantinho para e ficar por mais tempinho e desfrutar do aroma deste lindo lugar, pode demorar um pouquinho, mas voltarei.
Tenha uma linda tarde coberta de muita paz e Amor!
Com carinho
Abraço amigo
Querida amiga se poder venha conhecer o meu site. http://www.mariaalicecerqueira.com.br/
O meu muito Obrigado de todo o meu coração. Que Deus os abençoe!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Fernanda.. que linda a sua conversa com a lua, até parece um pouco com a minha ; Bem, o coração da gente é teimoso memso, né? Ameeeei. Beijos, amiga.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Como é bom ouvir nosso coração falando com a lua.Lindo poetar Fernanda.

bjs
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Anne Lieri disse...

Fernanda,seu coração sensivel me encantou com essa bela poesia!bjs,

Sinval Santos da Silveira disse...

Boa noite,Fernanda!
Parabéns pelo post.
Sinval

Gracita disse...

Oi Filhotinha
Um diálogo sofrido e intenso pois o coraçãozinho sensível chora a dor da separação.
Uma poesia fascinante!
Beijos da mãezinha
Gracita

Bruno disse...

Um belo poema! Falar do amor para a lua, a musa inspiradora dos poetas é ter a certeza que nossos lamentos serão ouvidos. Um lirismo encantador, Fernanda.
Um abraço
Bruno

Bell disse...

Que texto lindo, intenso.

adoreiiii

bjokas =)

Rita disse...

Bom dia !!!
Bom sábado ......
Vim deixar um abraço, que seu final de semana seja cheio de paz.
Tem sempre um post valioso, que adoro, o que é muito bonito

-Uma frase.-

Um amigo me chamou pra cuidar da dor dele, guardei a minha no bolso. E fui.

Clarice Lispector

Abraços
Rita!!!!

Evanir disse...

Amiga.
Que Deus abençoe seu final de semana
cobrindo de paz e luz sua caminhada nesse Mundo.
Tenho orado por todos sem sessar ,
pois sei e entendo quando precisamos nos afastar .
O tempo fora da nossa telinha envolve pessoas do cotidiano assim como na vida virtual.
Hoje estou tentando voltar com meu anjo de infinita luz divina.
Ofereço qualquer imagem desse lindo anjo da minha postagem.
Um abraço com infinito carinho e ternura.
Feliz e abençoado Domingo.
Beijos..Evanir.
Evanir.

edumanes disse...

Fernanda Oliveira, ordenou
Para mais saudades não ter
O seu coração triste ficou
Suas ordens parece não entender.

Porque terá feito
Uma coisa dessas
Coisas sem jeito
São falsas promessas.

Se alongou a escrever
Quando começa, se perde
Na imaginação sem querer
Raminho de oliveira verde
A sonhar foi colher.

Tantas perguntas por fazer
Tantas respostas que não são dadas
Lindos versos sabes escrever
Com os teus dedos lindas palavras!

Obrigado pela visita
Teu comentário poético, adorei
De tal forma acredita
Quantas vezes o li, não sei!..

Bom fim de semana
e um beijo para você,
amiga Fernanda Oliveira.
Eduardo.

Evanir disse...

Que Deus abençoe seu final de semana
cobrindo de paz e luz sua caminhada nesse Mundo.
Tenho orado por todos sem sessar ,
pois sei e entendo quando precisamos nos afastar .
O tempo fora da nossa telinha envolve pessoas do cotidiano assim como na vida virtual.
Hoje estou tentando voltar com meu anjo de infinita luz divina.
Ofereço qualquer imagem desse lindo anjo da minha postagem.
Um abraço com infinito carinho e ternura.
Feliz e abençoado Domingo.
Beijos..Evanir.
Adorei seu outro blog afilhada.

Daniel Costa disse...

Amiga Fernanda

Sinceramente, achei muita beleza de imaginação poética. Até pareceu ter partido da uma realidade, mas não, a encenação que está perfeita e destinta.
Beijos de amizade

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.