Estrela

Quando nos entregamos não somos mais dois
Mas nos tornamos apenas um, sentimo-nos
Corpo a corpo, pele a pele.
Nossos cheiros se difundem
Causando a nossa erupção
De amor calor e paixão.

Essa vontade que nos faz pensar a cada segundo em nós
Que faz de mim a sua estrela.
Outras estrelas querem brilhar em seu coração
Mas eu sou a única que ilumina  a sua escuridão...

Eu sou a tua estrela cadente
Aquela que você olha, e fala dos seus desejos...
Meu coração hoje acordou pensando em você
Em lhe querer, lhe ter

Meu coração sabe o porquê desta paixão
Só ele entende toda essa sensação...
Em nossos pensamentos nos tornamos um.
Nossos cheiros se difundem
Causando a nossa erupção, de amor, calor e paixão.

Nanda Olliveh

Comentários

  1. Uma linda de poesia de amor, calor e paixão.
    Beiijos.

    ResponderExcluir
  2. Somos um ao observar uma flor, um ao contemplar o amor, unidos ao amor! abraços

    ResponderExcluir

  3. (¯`v´¯) `*.¸.*´ ¸.•´¸.•*¨) ¸.•*¨) (¸.•´ (¸.•´ .•´ ¸¸.•¨¯`••♥•
    Bom final de tarde!!!

    Fernandinha que profundo e calhiente
    gostei desse romantismo todo bjusss
    minha linda

    Abraços com carinho
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fê
    Lindo o poema, muito sensual, sem ser vulgar. Adorei!
    Bjão.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Amiga Fernanda
    Muito bonito!
    ...a unidade surge do amor, quando duas pessoas se predispõem a juntar seus anseios, seus desejos, seus planos, seus medos, suas dores, e todas as demais particularidades de si mesmas para, desta forma, serem uma só...Creio também que basta acreditarmos na existência do amor pleno para que ele comece a existir. Basta que tentemos nos entregar inteiramente ao outro, confiando, apostando e investindo na felicidade que se cria e recria um dia após o outro para que o amor aconteça em toda a sua plenitude.Esta é a magia do amor...
    Boa noite de quinta feira
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  6. Musica e poesia
    Alegria e muito amor
    Perfumada naquele dia
    Sonhei com uma flor.

    Num raminho de oliveira
    Encontrei verde azeitoninha
    No céu vi uma estrela
    A brilhar á noitinha!

    O poema iluminou
    Para eu o poder ler
    Quando para mim ela olhou
    Seus lindo olhos eu os ver!

    Este poema quem o escreveu
    O que terá ela pensado
    Da distância não se esqueceu
    Fernando Oliveira, obrigado!

    Pela tua visita
    Estou lembrado
    De ti acredita
    Recebe um beijo do Eduardo.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Fernanda
    obrigado pelo carinho das palavras em meu blog
    Boa noite
    Bom final de semana
    Paz e luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Amiga Fernanda
    obrigado pelo carinho da visita
    Boa noite
    Bom domingo
    Paz e luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. olá amiga fernanda, poema romântico, urgente.. amei.. parabéns.. beijos mil e ótimo domingo..

    ResponderExcluir

Postar um comentário