11 de março de 2013

Chama de uma saudade


De vez em quando eu penso em ti
então minha voz se cala
meu corpo estremece e meu coração bate desesperadamente…
uma lágrima se atira a esmo no espaço
e meus olhos se perdem no infinito.

De vez em quando eu te sinto acariciando o meu rosto
balançando a cabeça,
teus cabelos roçando o vento
tua voz acariciando meu ser
de vez em quando eu te encontro perdida em meus passos
indomável diante dos meus braços distante do meu sentimento.

De vez em quando eu penso em ti como uma andorinha que se foi
como um raio que se apagou ou uma luz que se perdeu no mar
de vez em quando eu te pressinto tão perto e tão longe
tão perto que nem posso te alcançar,
tão longe que não consigo te esquecer.

De vez em quando eu choro e não consigo conter minha dor
por não poder te ter, por não poder te amar,
por não suportar a força que tem o rastro de uma felicidade
de vez em quando eu te tenho junto a mim,
pois és no meu amargor
a chama de uma saudade.
(Autor desconhecido)
                                               

5 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá
Querida amiga Fernanda
uma vez me disseram que saudades seria simples se soubéssemos sentir sem sofrer...
Meu carinho
Boa semana
Beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

BOM DIA MINHA LINDA MENINA !!!!
CHAMA DE UMA SAUDADE É UM LINDO TITULO,SENTIR SAUDADES TODOS NÓS SENTIMOS,VIVER DE SAUDADES TBM...
O POEMA É TÃO SUGESTIVO NAS PALAVRAS QUE MINHA SAUDADE DE HOJE FICOU AMENIZADA,RSRSRSRSRSR...
BJS DE BOM DIA !!!!!!

Lis Fernandes disse...

Olá, querida amiga!
Que poema lindo carregado de amor e de saudade.
Quando a saudade é mais companheira que o amor, se faz poesia.
Beijos, um lindo dia pra ti Fernanda.

Rose disse...

Fico por aqui Fernanda, pois amei essa saudade intensa. Um beijo menina e que seus sonhos sejam reais desde já!

Fernanda Oliveira disse...

Obrigada querida Rose por sua carinhosa visita! Seja bem- vinda! Beijos!

Visitantes.

Marcadores.

Poema (198) Frase poética (64) Meus Textos (21) Conto (10)

Amigos do Blogger.

Translate.